Se Você Não Está Obtendo O Resultado Desejado, Dê Flexibilidade À Sua Ação

O Sétimo Pressuposto Da PNL


Pessoas que só reagem aos fatos de uma única maneira conseguem resultados empobrecidos. Pessoas que têm apenas duas opções e elas são conflitantes, em geral vivenciam o drama da dúvida, hesitando e se frustrando. Pessoas que contam com três alternativas ou mais conquistam resultados mais produtivos e se distanciam da dor e do sofrimento.


Quando alguém possui em sua mente várias possibilidades para reagir a um fato, dizemos que ele é flexível. Ocorre que essas possibilidades nada mais são do que processos mentais instalados em nível de inconsciente, parecidos com sub-rotinas de computador. Portanto, apenas a vontade consciente de reagir de maneiras alternativas poderá não ser suficiente para a obtenção de melhores resultados em qualquer campo de nossas vidas.


Todas as pessoas passam pela experiência de buscarem orientações e ajuda para mudarem os seus resultados, mas em geral se frustram. Palestras motivacionais, cursos comportamentais, livros de autoajuda ou liderança, religiões (não que não sejam importantes), terapias e aconselhamentos de um especialista não são suficientes para a mudança efetiva. Isso porque as interferências deveriam ocorrer em nível de inconsciente.


É importantíssimo que o prezado leitor saiba que os comportamentos só mudam quando são realizadas interferências em nossa mente inconsciente. E isso ocorre de três maneiras: por forte impacto emocional da experiência, pela repetição e pela velocidade com a qual a novidade circula pela nossa mente. Enquanto um desses três processos não ocorre de modo adequado, temos conhecimentos, mas ainda não aprendemos.


Aposto que o leitor conhece pessoas cheias de títulos e estudos, mas que não conseguem alavancar suas vidas. São rápidas em dar conselhos e opiniões sobre o que é melhor para nós, mas lentas na obtenção de resultados para si mesmas. É mais ou menos a história do pai de santo que resolve a vida de todo mundo, mas vive na miséria material e comportamental.


Uma boa maneira de avaliarmos se estamos apenas acumulando conhecimento ou se estamos realmente aprendendo novas alternativas é através de um “balanço” que podemos fazer sobre os nossos resultados. Quais têm sido os seus resultados no campo profissional, amoroso, social, espiritual, familiar e no campo da saúde física e mental? Se eles ainda não o satisfazem, é porque existe a necessidade de você admitir outras alternativas de interpretação e maneiras de reagir.


Na frase logo acima eu usei o palavra interpretação, para o que peço especial atenção. O que nos afeta não é a realidade, mas sim a interpretação do que chamamos de realidade. E está exclusivamente aí a origem da diferença de resultados entre as pessoas. A mais básica entre todas as diferenças é a maneira de encararmos os problemas: o mesmo problema pode significar dor e paralisia para uma pessoa e para outra, algo a ser resolvido.


Como todos os comportamentos são regidos pelos processos subjacentes (inconscientes), dois caminhos podem ser tomados pelas pessoas que buscam melhores resultados. Passar por um processo terapêutico com base na PNL ou fazer um curso de Practitioner num instituto confiável. Essas duas atitudes são independentes uma da outra, e podem ser complementares. Na primeira, o terapeuta o ajuda a aumentar sua flexibilidade. Na segunda, a própria pessoa se equipa para fazer isso de modo constante, melhorando sempre os seus resultados.


O importante é encontrar o caminho para a felicidade e realizações. Para isso, aumente, de modo contínuo a sua flexibilidade.


Uma Semana Repleta de Resultados Para Você!!!

Forte abraço!!!


3 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Os cérebros de todas as pessoas são fisicamente iguais, com as mesmas funcionalidades orgânicas. E todos nascemos equipados com um recurso de aprendizagem chamado “Loop Positivo” que nos potencializa